Telefones: 843890558 / 823001102
info@cncs.gov.mz
Nótícia

Inquiridores em treinamento para mapeamento de populações-chave   

13 de Maio de 2022

Iniciou, segunda-feira, 9 de Maio, o treinamento de inquiridores para mapeamento e validação dos hotspots e disponibilidade de serviços, no âmbito do estudo sobre Mapeamento e Estimativa do Tamanho de Populações-Chave para o HIV em Moçambique.

Realizada pelo Instituto Nacional de Saúde (INS) em parceria com o Ministério da Saúde (MISAU), a pesquisa está a decorrer na cidade e províncias de Maputo, Gaza, Inhambane, Manica e Zambézia com o objectivo de compreender a dinâmica da epidemia do HIV no país.

Visa ainda a definição de metas do programa, planificação, definição de intervenções apropriadas de prevenção, cuidados e tratamento assim como o desenvolvimento de políticas e fornecimento de informação para a defesa dos direitos humanos. 

O estudo decorre em três fases, sendo que a primeira se resume na avaliação formativa para cada grupo de população-chave (trabalhadoras de sexo, transgéneros, homens que fazem sexo com homens, reclusos e pessoas que injectam drogas); identificação de hotspots, incluindo reuniões de advocacia com organizações de base comunitária, entre outros.

A segunda etapa consiste no mapeamento de hotspots, a sua localização e horários de pico da actividade bem como os de prestação de serviços à população-chave. Na última fase, será feita a estimativa do tamanho da população-chave para o HIV no país. 

O treinamento, com previsão de terminar dia 20 de Maio, decorre num contexto em que dados apresentados na ocasião pelo Conselho Nacional de Combate ao SIDA (CNCS) mostram que a epidemia do HIV continua um problema de saúde pública em Moçambique, com estimativas a apontarem para uma prevalência nacional de 13,2 por cento (IMASIDA, 2015).

O Inquérito Integrado Biológico e Comportamental (IBBS) de 2019-2020 estima ainda uma prevalência de HIV de 15,1 por cento em pessoas que injectam drogas e 24 por cento em reclusos. Em relação às mulheres trabalhadoras de sexo, as estatísticas indicam uma prevalência de 46,5 por cento em Maputo; 36 por cento em Tete; 24,8 em Quelimane; 16,3 por cento na Beira; e 10, 2 por cento em Nampula. 

Avenida 25 de Setembro, nº 1008, 8º andar - Maputo, Moçambique
Telefones: 843890558 / 823001102
E-mail: info@cncs.gov.mz
© 2022
 CNCS – Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA Todos Direitos Reservados
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram