Telefones: 843890558 / 823001102
info@cncs.gov.mz
Nótícia

Presidente da República dirigiu cerimónias centrais do 1º de Dezembro em Nampula

4 de Dezembro de 2019

DEZEMBRO DE 2019 - Sua Excelência Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, orientou no Pavilhão de Desportos do Ferroviário, na cidade de Nampula, às comemorações centrais do 1º de Dezembro, Dia Mundial de Luta contra a SIDA, que decorreu sob o lema “Comunidades fazem a diferença na Resposta Nacional ao HIV e SIDA”.

Discursando na ocasião, o Chefe do Estado moçambicano, saudou de forma particular a todos actores da luta contra HIV e SIDA, nas comunidades, que com o seu esforço, conhecimento, dedicação e recursos contribuem de forma singular e eficaz no combate a esta pandemia.

Prosseguindo, afirmou que o sucesso da nossa acção e das nossas comunidades foi recentemente reconhecido pelo Programa das Nações Unidas de luta contra SIDA (ONUSIDA), como um dos casos de sucesso ao nível mundial, no seu recente relatório Global sobre o SIDA.

Sua Excelência Presidente da República, reiterou que "nos últimos anos, como país, não temos poupado esforços para reverter a tendência da expansão da epidemia do HIV e estamos a alcançar resultados que nos encorajam a prosseguir com a luta".

Filipe Nyusi disse ainda existirem no país mais pessoas a receber tratamentos antirretroviral, "isso significa que, os beneficiários ajudam no trabalho de prevenção para diminuir o alto número de novas infecções de HIV que ocorrem no país".

Presidente da República saúda o Secretário Executivo do CNCS

O estadista moçambicano afirmou que no início do quinquénio, os serviços de tratamento antirretroviral estavam disponíveis em apenas 753 unidades de Serviço Nacional de Saúde, o que correspondia a uma cobertura de 52 porcento. Presentemente, estão disponíveis 1538 unidades correspondentes a uma cobertura de 93 porcento.

De acordo com o mais alto magistrado da nação, esta expansão de prestação de serviços, resultou igualmente do aumento significativo de pessoas que vivem com HIV, beneficiando deste tratamento.

Para o chefe do Estado, o número de mortes associados a pandemia, tem vindo a diminuir nos últimos anos. "Como resultado do nosso esforço conjunto, registamos uma redução de 20% de mortes relacionadas com o HIV entre 2014 e 2018. Este é indicador notável que garante que mais moçambicanos tenham vidas longas, saudáveis e reduzam a possibilidade de transmitir HIV aos outros não infectados, “ afirmou o Presidente Nyusi.

Esta cerimónia, contou com a presença da Ministra da Saúde, do Governador da Província de Nampula, do Secretário Executivo do Conselho Nacional de Combate ao SIDA, da Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas, do Embaixador dos Estados Unidos da América em representação dos Parceiros para Área da Saúde e outros convidados.

Avenida 25 de Setembro, nº 1008, 8º andar - Maputo, Moçambique
Telefones: 843890558 / 823001102
E-mail: info@cncs.gov.mz
© 2022
 CNCS – Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA Todos Direitos Reservados
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram