Telefones: 843890558 / 823001102
info@cncs.gov.mz
Nótícia

Fundo Global aloca mais de 700 milhões de dólares para o combate ao HIV, Tuberculose e malária

28 de Abril de 2022

Moçambique recebeu do Fundo Global (FG) mais de 730 milhões de dólares (46,7 mil milhões de meticais) para programas de prevenção e combate à malária, tuberculose e HIV e SIDA, três problemas com maior peso na saúde pública no país. 

O valor foi alocado ao Ministério da Saúde à Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade (FDC), à Visão Mundial (VM) e ao Centro de Colaboração em Saúde (CCS) para um período de três anos (2021-2023). 

O presidente em exercício do Mecanismo de Coordenação do País do Fundo Global (MCP), Francisco Mbofana, referiu que Moçambique é o segundo país, depois da Nigéria, dos 100 seleccionados, que mais financiamento recebeu desta organização internacional. 

Explicou que tal se deve, em parte, ao reconhecimento de que a malária, o HIV e SIDA e a TB continuam um desafio importante no contexto nacional. 

Falando semana passada numa sessão de partilha de informação sobre o FG e MCP com profissionais de comunicação social, Mbofana explicou que este financiamento, entre outros que o país tem vindo a receber dos parceiros, visa garantir o alcance da meta dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de eliminar estas três enfermidades como ameaça a saúde pública até 2030. 

Mbofana disse que Moçambique está num bom caminho no combate a estas doenças pois tem clareza dos principais desafios e possíveis soluções para ultrapassá-los. 

Avançou que há necessidade de mobilização geral para que cada um contribua com o seu saber e capacidade para o alcance dos objectivos traçados, uma vez que estas doenças, para além da componente de saúde, estão associadas a questões sociais e culturais que precisam de ser levadas em consideração. 

“Se cada um de nós contribuir podemos alcançar os ODS até 2030”, disse, acrescentando que no que diz respeito ao HIV e SIDA, por exemplo, houve progressos importantes, com 84 por cento das pessoas infectadas a conhecer o seu seroestado, dos quais 75 por cento estão em tratamento anti-retroviral e 66 atingiram a supressão viral. 

A anúncio dos fundos é feito num contexto em que, segundo Mbofana, o FG preparar-se para mobilizar fundos, numa reunião a ter lugar este ano nos Estados Unidos, para apoiar os países na luta contra a malária, TB, HIV e SIDA. 

“O Fundo Global mobiliza dinheiro usado de forma estratégica para pro- duzir resultados. Por exemplo, em cada 100 milhões de dólares espera-se evitar 2,5 milhões de novas infecções nestas três doenças”, sustentou o presidente em exercício do MCP, realçando os resultados alcançados na luta contra estas doenças.

Avenida 25 de Setembro, nº 1008, 8º andar - Maputo, Moçambique
Telefones: 843890558 / 823001102
E-mail: info@cncs.gov.mz
© 2022
 CNCS – Conselho Nacional de Combate ao HIV/SIDA Todos Direitos Reservados
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram